Como escolher uma empresa para registrar uma marca

17/04/2017

Existem muitas empresas especializada no registro de marcas. Se você deseja registrar a marca do seu negócio é bom lembrar que é necessário observar alguns detalhes na hora de escolher a empresa ou o profissional que você vai contratar para fazer o registro por você. Listamos abaixo três situações que você deve levar em conta na hora de escolher uma empresa para registrar a sua marca:

  1. Empresa matriculada junto ao INPI

A primeira coisa que você deve verificar é se a empresa é legalmente habilitada e devidamente matriculada junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial – INPI. Registrando com uma empresa matriculada junto ao INPI sua chance de sucesso no registro é muito maior, dado ao conhecimento técnico e legal dos profissionais, que desde o início poderão orientá-lo sobre a viabilidade do registro, a forma de apresentação da marca, o acompanhamento legal e as eventuais medidas necessárias, além do acompanhamento permanente de marcas semelhante que possam trazer algum prejuízo aos seus clientes. Este cuidado único e profissional simplifica o que realmente é complicado para quem não tem conhecimento na área.

Fique atento: Existem muitas empresas que oferecem serviços de registro de marca, mas não possuem habilitação especial para isso. Portanto, recomenda-se exigir o número de matrícula junto ao INPI.

  1. Cuidado com o golpe

Outra coisa que você precisa analisar antes de contratar a empresa será o valor que ela cobra pelo serviço. Desconfie de empresas que cobram um valor muito baixo, algumas vezes menor que o valor das taxas do INPI, para fazer o registro. Se a empresa promete cobrar menor que R$500, por exemplo, é golpe na certa, já que só a taxa inicial de encaminhamento de marca junto ao INPI custa em torno disso.

Fique atento: Empresas de registro de marcas sérias pagam os seus impostos, taxas, funcionários, custos operacionais, administrativos, entre outros, como qualquer outra empresa idônea, sendo impossível praticar o exercício legal e prestar um serviço de qualidade por um valor muito baixo.

  1. Cobranças extras

Tome cuidado com empresas que cobram um valor baixo para iniciar o processo, mas depois começam a cobrar outros procedimentos que sequer existem, como “cobrança para agilizar a publicação”, “cobrança para agilizar o exame técnico”, “cobrança para informar a situação atual do processo encaminhado”. Algumas cobram quando sai o deferimento da marca, com valores muito altos, geralmente para compensar o valor inicial muito baixo. Procure contratar uma empresa que cobre um valor único para acompanhar o seu registro do começo ao fim do processo.

Fique atento: Uma empresa séria normalmente cobra um valor aproximado de R$ 2.000 para encaminhar o registro de marcas e acompanhar todo o processo.

Lembre-se: Sua marca é um dos patrimônios mais importantes da sua empresa, portanto siga essas dicas e não corra riscos. Contratar uma empresa legalmente matriculada junto ao INPI é uma forma de garantir que ela irá fazer o encaminhamento, sem qualquer falha, enviando toda a documentação e informações necessárias para o registro da sua marca. Uma empresa séria irá acompanhar o registo do começo ao fim do processo, evitando dores de cabeça e perda de dinheiro.

No caso da sua marca ter alguma exigência legal ou oposição de terceiros, por exemplo, a empresa contratada terá condições de conhecer o despacho e sanar a dificuldade dentro dos prazos legais.

Os riscos de registrar por conta própria

Acredite: você não estará economizando o seu dinheiro por encaminhar o seu registro por conta própria, sem auxílio de uma empresa ou profissional habilitado. É bom reforçar que se você não tem o conhecimento técnico adequado na área, o processo se torna uma tarefa incrivelmente difícil e arriscada.

Apesar do INPI do Brasil sugerir que o registro de marcas e patentes pode ser feito de uma forma simples e com baixo custo, sem a necessidade da contratação de uma empresa habilitada para tanto, na prática, acaba acontecendo o oposto. São tantas as exigências burocráticas para o devido registro que se observa uma enxurrada de marcas arquivadas pela falta de conhecimento técnico necessário para fazer o registro por conta própria. Uma vez que não esteja preparado adequadamente para enfrentar os ritos administrativos, legais e efetuar as medidas necessárias em casos de despachos desfavoráveis em seu processo, também estará sujeito a ter o seu processo arquivado, bem como perderá o valor das despesas com as taxas.

Como registrar a minha marca com a Leal?

Se você já entendeu os riscos de registrar a sua marca por conta própria ou contratar uma empresa ou profissional não habilitado para encaminhar o registro, saiba que registrar a sua marca com a Leal é simples, fácil e seguro. A Leal Marcas é uma empresa legalmente matriculada ao INPI (número de matrícula 2301) e trabalha com valores e formas de pagamento diferenciados dentro do mercado de registro de marcas. E o melhor: você pode resolver tudo agora e encaminhar o seu registro online.

Não perca mais tempo e registre agora com a Leal.